O seu portal de notícias!

Ultimas

Iranduba

Amazonas

ÚLTIMOS POSTS

10 de junho de 2015

Cheia dos rios causa prejuízo de até 40% na produção de cerâmica no AM

Secagem e exploração de argila são afetados com a subida das águas.
Perspectiva é de demissões por conta de queda na fabricação, diz Sindicato.


Cheia dos rios causa prejuízo de até 40% na produção de cerâmica no AM

O setor cerâmico nas cidades de Iranduba e Manacapuru, no Amazonas, teve queda de 40% na produção em razão da enchente dos rios no estado. Segundo o Sindicato das Cerâmicas, a expectativa é de que ocorram demissões devido aos prejuízos no período.

Com a cheia deste ano, 33 cidades do Amazonas decretaram situação de emergência. Um município está em estado de calamidade pública.
O avanço das águas pelo terreno prejudica principalmente a secagem dos tijolos. Em uma fábrica de Iranduba, o processo precisou ser feito em outro lugar e ainda impediu o funcionamento do maior forno do local. "O nosso estoque de argila também já está sendo afetado", disse a proprietária do local, Fabiana Viana.

Segundo Fabiana, a paralisação do forno e a queda na produção somam um prejuízo de mais de R$ 50 mil. Se a água atingir os demais setores da produção, a empresária informou que a fábrica deve paralisar as atividades.

Com o volume das águas, alguns funcionários da fábrica precisaram adotar a canoa como meio de transporte para chegar ao local. "Todo ano é assim, com essa cheia a gente depende da canoa. Se a gente não tivesse uma, como viríamos para o trabalho?", disse o servidor do local Marcelo Amorim.
Além do setor oleiro, também há dificuldades no recebimento do material usado para a fabricação dos blocos cerâmicos, com a falta de resíduos para o abastecimento dos fornos.

A distribuição também sofre com as cheias. Estima-se que mais de dez empresas estão com acesso limitado devido ao isolamento de algumas áreas de Iranduba e Manacapuru.

Para o presidente do Sindicato de Cerâmica, Santo Santos, a perspectiva para o setor nos próximos meses não é positiva.

"Nós já estamos com cinco cerâmicas em risco, eminente de paralisação, mas o maior problema é que quando a enchente é grande, a vazante também é demorada e o período de exploração de argila também é afetado. Talvez não falte material, mas com certeza demissões devem acontecer", alertou.

Cheia
Mais da metade das cidades do Amazonas decretaram situação de emergência em razão da cheia dos rios no estado. Das 62 cidades existentes no Amazonas, 33 estão na lista de localidades inundadas.

A Defesa Civil do Estado estima que 247,7 mil pessoas estão sendo afetadas pela subida do nível das águas. A situação é mais crítica em Boca do Acre, que está em estado de calamidade pública.

Ajuda
Mais de 500 toneladas de cestas básicas e kits para higiene já foram entregues às famílias atingidas pela enchente em todo o estado.
O objetivo é garantir alimentos aos ribeirinhos, que nesta época ficam com a produção agrícola comprometida. Além de alimentos, a população recebe kits de dormitório (colchões, redes, mosquiteiros), medicamentos, filtros de água e hipoclorito de sódio.

Assista ao vídeo no Portal G1
Fonte: Portal G1


23 de abril de 2015

GUGU DIZ QUE, SE FOSSE PREFEITO DE IRANDUBA, TERIA "VERGONHA DE SAIR ÀS RUAS"

Estevão de Andrade, o menino de 12 anos que fez sucesso com a música que faz crítica aos problemas do município de Iranduba, foi uma das principais atrações desta quarta-feira (22), do Programa do Gugu, na TV Record.

O menino ganhou instrumentos musicais de presente e se emocionou ao conhecer o mar. Ele brilhou no palco do programa e impressionou a todos com sua inteligência e desenvoltura.

GUGU DIZ QUE, SE FOSSE PREFEITO DE IRANDUBA, TERIA "VERGONHA DE SAIR ÀS RUAS"


Gugu e sua plateia ficaram encantados com o talento musical e desenvoltura de Estevão, que teve tratamento de celebridade.

Estevão conheceu o mar e ganhou instrumentos musicais do Programa do Gugu.

Estevão de Andrade compôs a letra com a ajuda da mãe, como forma de apelo ao prefeito, para que o mesmo se sensibilizasse com a precária situação do transporte escolar da cidade. Mas a repercussão foi muito maior. Em menos de uma semana, o vídeo onde aparece Estevão cantando e tocando foi parar na Internet e já tem mais de 100 mil acessos.


22 de março de 2015

Iranduba entregue as traças, segundo uma moradora

Prezado Senhor, Vou compartilhar com o senhor uma situação desumana que está ocorrendo no distrito do Cacau Pirêra, em Iranduba. As fotos mostram que centenas de famílias estão vivendo abaixo da linha de pobreza e da"dignidade". 


O Bairro Nova Veneza é o mais crítico. Lá não existe nada de infraestrutura. As "ruas" (caminhos) têm cobras e outros animais peçonhentos, pondo em risco a vida dos moradores e, principalmente das crianças que inocentes caminham descalças. 

Por favor, ajude a denunciar esse problema. O Cacau Pirêra está praticamente dominado pelo tráfico de drogas. As crianças são aviõezinhos, não têm esporte , lazer e a educação é precária. Sem falar na saúde... Prefiro não me identificar, pois, possuímos uma casinha no local e não queremos sofrer represálias, como já ocorreu com algumas pessoas que tentaram denunciar. 


Tem um vereador no local, que tem uma mansão no município, este ameça as pessoas caso reclamem de melhorias. Iranduba está a três minutos da capital. Isso é uma vergonha! Contamos com o senhor para denunciar em seu blog, ou fazer uma reportagem no local.. Estamos aflitos e sem saber a quem recorrer. Obrigada!

Fonte:Blog do Pávulo

InfoTech

Conheça nossa Cidade

Destaque

 
Copyright © 2013 Portal de Iranduba
Traduzido Por: Template Para Blogspot - Design by FBTemplates